Você sabe como conquistar um homem?

Se alguém lhe perguntasse hoje se você sabe como conquistar um homem, o que você responderia? A maioria das mulheres diria‘sim, eu sei.’ E, provavelmente passariam a descrever atitudes, situações e comportamentos que ‘supostamente’ os homens gostam.  Mas, será que você sabe realmente como conquistar um homem?

Não raro as mulheres (e, acredito que os homens também) entendem a conquista como sendo um ganho, uma aquisição – o que pode dar a entender que a sedução, uma vez concretizada, é uma poderosa carta na manga. E, posso garantir, isso não passa de um grande equívoco. Quem já passou por um relacionamento e agora está sozinha aprendeu da pior maneira possível que a sedução é uma arte que deve ser exercida continuamente. É ou não é?

Se você já passou por essa lição cruel, quer aprender realmente como conquistar um homem e acredita que está pronta para viver um romance, esse artigo foi feito para você.

Mas, se você não está sofrendo por ter perdido um amor (porque afinal, todas concordam que‘antes só do que mal acompanhadas’), mas acredita que há homens que te farão esquecer a experiência ruim do passado, esse artigo também foi feito para você. Sabe por que?

Porque, apesar de você ter vivido experiências desastrosas no passado (por perder quem não queria ou por ter se dedicado a quem não te merecia), talvez isso tenha te ensinado a lidar com um aspecto particular daquela pessoa. Isso não quer dizer que você tenha aprendido a lidar com todos os homens.

Você sabe tão bem quanto eu que – apesar da frase sem noção que crescemos ouvindode nossas mães e tias -os homens não são todos iguais. É uma afirmação tão inconsistente que basta um pinguinho de lógica para derrubá-lo por terra.

Se os homens fossem todos iguais, não seria tão difícil lidar com eles, concorda? Bastaria um relacionamento dar errado para sabermos como conquistar um homem; sabermosexatamente o que agrada e o que desagrada todos os outros homens. E ficaria bem fácil acertar num próximo relacionamento, não acha?

Mas, vamos olhar para o ditado com menos pré-conceitos. Talvez consigamos extrair alguma coisa boa dele.

Variáveis que afetam um relacionamento

Todo relacionamento entre homem e mulher é afetado diretamente por duas variáveis que chamarei de Variável 1 e Variável 2

Variável 1

Quando nossas ancestrais começaram a repetir que os ‘homens são todos iguais’, num ponto elas tinham razão: os homens têm características comuns de um comportamento masculino. Sabe o lado rabugento do seu namorado que não te dava trégua quando você estava provando sapato no shopping e tudo o que ele queria era ir pra casa ver o futebol na TV? Essas características são ditadas pelos hormônios e não há o que se possa fazer para mudar isso. Sobre essa variável você não tem controle. Ou seja, é inútil esperar que eles pensem como nós, mulheres. Eles não vão, porque isso é coisa de gênero.  De hormônios. Ah, você duvida que hormônios possam ditar alguns comportamentos ao nosso organismo? Então tá. Me lembre de te falar disso na próxima vez que você estiver tendo um chiliquena TPM.

Variável 2

Essa dá para controlar. É a segunda variável que vai afetar diretamente o seu relacionamento. Diz respeito à personalidade de cada um, aos comportamentos que resultam de combinações múltiplas. Genética, história, experiência, etc. Olhe para alguns séculos atrás e veja a multiplicidade de combinações da qual todos saímos. Décadas e mais décadas de costumes produzindo milhares de variáveis que se combinam entre si. Pensando em termos de Raciocínio Lógico dá para entender o quão diferente somos uns dos outros. Nisso, os homens não são todos iguais. E quando se afirma que os homens são todos iguais, se está olhando unicamente para o comportamento de gênero. Porque sob oaspecto da personalidade, é impossível que existam homens (ou mulheres) iguais.

Ser compatível não significa ser igual

Existem pessoas que possuem características, interesses e desejos compatíveis com os nossos. Quando você escolhe uma pessoa que tenha objetivos de vida compatíveis com os seus, você aumenta consideravelmente as chances de o relacionamento dar certo. Talvez você esteja argumentando, mentalmente, que “não é bem assim porque todo mundo sabe que os opostos se atraem”. Pode ser na física, com as cargas moleculares. Mas, nos relacionamentos prefiro acreditar que “os opostos se distraem” como na música do Teatro Mágico. Mesmo que você esteja considerando apenas o aspecto sexual da atração não dá para afirmar categoricamente que os gêneros masculino e feminino (opostos) se atraiam. Porque você sabe tão bem quanto eu que existem homens que sentem atração por homens e mulheres que sentem atração por mulheres.

Como conquistar um homem certo

Quando você procura uma pessoa para se relacionar, deve ficar atenta a dois quesitos indispensáveis, que podem levar o seu relacionamento ao sucesso ou ao fracasso.

  1. Minimizar os conflitos antes mesmo de eles acontecerem

Para você encontrar aquele homem que vai ser seu companheiro, no real sentido da palavra, tem que procurar por um homem que seja compatível com você; que possua qualidades que você admire; que tenha preferências e gostos semelhantes aos seus. Isso vai facilitar muito as coisas para ambos.

Pense que nos relacionamentos as diferenças de gênero já apresentam problemas suficientes para lidarmos. Homens pensam como homens e mulheres pensam como mulheres e só nisso tem conflito suficiente para escrever uma novela por ano.  Então porque complicar mais as coisas escolhendo para companheiro um homem que não tem nada a ver com as suas expectativas de vida e de crescimento?

  1. Entender como os homens pensam

À medida que você vai descartando os candidatos incompatíveis, o leque vai ficando bem mais restrito e aí é com você! Nesse ponto você vai precisar entender como os homens pensam para usar isso a seu favor. Você precisa saber como conquistar um homem que pode realmente te fazer feliz. E eu te pergunto. Você sabe? Você conhece os segredos para encontrar o verdadeiro amor? Deixe-me ajudá-la com a resposta. E vou partir do pressuposto que você está sozinha, porque se assim não fosse, dificilmente estaria lendo esse artigo até esse ponto.

 

Então você está sozinha porque …

  1. Não soube manter a conquista no seu relacionamento e perdeu seu amor;
  2. Não soube escolher a pessoa certa e não via a hora de se livrar do pesadelo;
  3. Está solitária há meses, e acha que isso já está indo longe demais;
  4. O homem que você amava se encantou por outra mulher;
  5. Você acha que não merece amar e ser feliz;
  6. Você quer conquistar um homem, mas não faz ideia do que procura num homem; ou
  7. Você já se decepcionou tanto que desistiu.

 

Você se identificou com alguma das situações acima? Está disposta a tentar de novo, nem que seja só mais uma vez?

Se for assim, melhor não sair tateando no escuro, concorda? Vai que o homem da sua vida está a um passo de você e, se você não souber como chamar a atenção dele, pode perder essa chance de felicidade mais uma vez.

Na vida existem duas formas de se aprender: com as próprias experiências e com as experiências dos outros. Com as nossas próprias experiências dá certo sim. Mas, leva tempo. Se você tem esse tempo e disposição para aprender com seus erros, vá em frente.

 

Você já ouviu falar no Programa Pronta para o Romance? 

Mas, se você já está passada de sofrer, se não quer ficar sozinha e se também não quer ocupar o já escasso tempo com tentativas de erros e acertos, procure um especialista para te ajudar. Um especialista vai te proporcionar os melhores resultados em um espaço de tempo mais curto. Enquanto outras mulheres ainda estiverem tentando, você já poderá estar vivendo a vida que pediu a Deus, junto do homem dos seus sonhos.

Até porque, o seu problema de relacionamento pode não estar nos homens, mas em você mesma. Já pensou nessa possibilidade?

Eu já. E buscando por soluções encontrei o Programa “Pronta para o Romance”. Ele foi desenvolvido pela especialista em Programação Neurolingúistica (PNL) e Coach de relacionamentos  Miria Kutcher.  Miria é certificada em PNL nos EUA, por Ted James (criador da linha do tempo) e em Coachpela Universidade de Miami.

O que a PNL e o Coachtêm a ver com a minha vida amorosa?

A PNL é muito utilizada para mudar padrões mentais de fracasso em padrões mentais de sucesso.Ela vai te ajudar a mudar os comportamentos que podem estar sabotando sua vida amorosa. E o Coachtrabalha com objetivos e metas alcançáveis e mensuráveis. Por exemplo, se você se propõe a fazer uma caminhada de 1000 passos, o Coach vai te ajudar a vencer sequências de passos e te conduzir ao objetivo final. A beleza do Coach é essa. Ele só te libera quando você alcança as metas propostas. Por isso achei tão interessante o programa. E resolvi indicá-lo para que você tenha a opção de tentar encontrar sua felicidade mais uma vez, se assim desejar. Só que desta vez, você será conduzida por uma especialista que, ao integrar duas das melhores técnicas contemporâneas em matéria de conhecimentos e mudanças de padrão de comportamento, pode, realmente, te conduzir ao objetivo final de conquistar um homem e ser feliz com ele.

Submit your review
1
2
3
4
5
Submit
     
Cancel

Create your own review

Livro Emagrecer De Vez. É POSSÍVEL SIM!

Natália Palucio

Blogueira, Geek e nutricionista no dia a dia, aqui é onde posto dicas de alimentação, moda, saúde, dieta, comportamento, beleza e etc... Não perca meus próximos posts!!!

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*